Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

CPA

Publicado: Segunda, 30 de Outubro de 2017, 11h13 | Última atualização em Terça, 11 de Setembro de 2018, 10h30

CPA - Comissão Própria de Avaliação Institucional
A CPA é órgão colegiado formado por membros de todos os segmentos da comunidade acadêmica e de representantes da sociedade civil organizada, que coordena o processo de autoavaliação institucional do Ifes por meio de avaliação global, integrada e sistêmica utilizada para diagnosticar a realidade e subsidiar ações que visem à melhora do desempenho institucional em todos os níveis.

 

CSAI - Comissão Setorial de Avaliação Institucional
As CSAI foram criadas para colaborar na condução da Autoavaliação Institucional em cada Campus do Ifes, onde desenvolvem as atividades juntamente com a CPA. As CSAIs têm a finalidade de implementar e acompanhar as atividades inerentes ao processo de auto avaliação do seu respectivo Campus.

 

O processo de autoavaliação e a sua importância
O processo de autoavaliação institucional do Ifes constitui-se numa proposta de avaliação global, integrada e sistemática, utilizada para diagnosticar a realidade e subsidiar ações que visem à melhoria do desempenho institucional em todos os níveis.
A gestão de uma instituição deve estar fundamentada em informações que reflitam, sem mascaramento, a realidade de seus setores. Além disso, é necessário que a opinião de todos seja levada às instâncias decisórias e que essas opiniões subsidiem de maneira direta ou indireta o planejamento institucional.

 

Funções da Comissão Setorial de Avaliação Institucional
- Coordenar o processo de autoavaliação do Ifes;
- Planejar, organizar e orientar os trabalhos de autoavaliação;
- Organizar relatórios;
- Divulgar os dados consolidados à comunidade;
- Encaminhar relatório final ao MEC.

 

Categorias avaliadas no processo de autovaliação institucional
- A missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI;
- A política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação e a extensão;
- A responsabilidade social da Instituição;
- A comunicação com a sociedade;
- As políticas de pessoal e de carreiras do corpo docente e do técnico-administrativo;
- A organização e a gestão da Instituição;
- A infraestrutura física;
- O planejamento e a avaliação;
- As políticas de atendimento a estudantes;
- Sustentabilidade financeira.

 

Importância dos resultados da autoavaliação institucional
- Estabelecer estratégias de superação dos problemas;
- Aperfeiçoar a prática educativa;
- Introduzir melhorias na Instituição a partir da análise dos dados coletados;
- Aperfeiçoar a gestão;
- Reforçar a relação Instituição-Sociedade;
- Enviar relatório à Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior – Conaes contendo o resultado da autoavaliação institucional, que será referência para a avaliação externa realizada pelo MEC.

 

Composição da Comissão Setorial de autoavaliação Institucional do Campus de Alegre

Membros Titulares

- José Marcos Nunes Benevenute – Técnico Administrativo - Coordenador
- Joelma de Fátima Merson Azevedo - Técnico Administrativo
- Elcio do Nascimento Chagas - Docente
- Luiz Flávio Vianna Silveira - Docente
- Talles de Oliveira Santos – Discente ensino superior
- Mauro Rodrigo Muller– Discente ensino médio

Membros Suplentes

- Wilmar Curti do Nascimento - Técnico Administrativo
- Tatiane Moulin - Técnico Administrativo
- José Augusto de Almeida Sant'ana - Docente
- Thais de Vianna da Silva - Docente
- Isabel Inácio de Moraes – Discente ensino superior
- Antonio Artur Moreira Gomes – Discente ensino médio

 

Relatórios da autoavaliação Institucional Campus de Alegre
- Relatório 2010
- Relatório 2011
- Relatório 2012
- Relatório 2013
- Relatório 2014
- Relatório 2015
- Relatório 2016

- Relatório 2017

 

Relatórios de ações, resultados e planejamento da gestão acadêmico-administrativa

Relatório de Ações 2016

Relatório de Ações 2017

Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Sinaes

Lei 10.861, de 14/4/2004.

 

Regulamento da CPA

Resolução do Conselho Superior n° 20/2018, de 13 de julho de 2018.

Fim do conteúdo da página